COOESO-AL

Descolamento de Retina
Retina e sua função

    O globo ocular tem três camadas  das quais a retina é quem  reveste a superfície interna do mesmo.

É uma membrana delicada que está apoiada nas outras camadas do olho, e  mantida em seu local por um mecanismo próprio de adesão, auxiliado pelo corpo vítreo que é um gel transparente que preenche a maior parte do olho. A função da retina é captar as imagens do meio ambiente, transformá-las em impulsos nervosos que,  através do nervo óptico, chegam ao cérebro onde se produz a visão.

Porque a retina descola?

    Em geral a retina descola porque rasga e através da ruptura penetra líquido que aos poucos levanta a mesma, separando-a da  camada subjacente. Os locais das rupturas são usualmente áreas onde há maior fragilidade.

O que causa a ruptura retiniana?

    Em alguns casos, a contração do vítreo, que é característica do processo de envelhecimento, pode tracionar a retina, causando sua ruptura e conseqüente descolamento. 

    Nesta fase o paciente pode notar pontos opacos no campo de visão (moscas volantes) ou flashes luminosos. Quando o descolamento de retina já está presente, o paciente observa uma "sombra" no  campo de visão correspondente à área descolada.                          .
    Além do envelhecimento,  alta miopia (acima de 8 graus),  fatores genéticos,  trauma ocular,  cirurgias intra-oculares, prematuridade e diabetes são algumas das condições que predispõem ao descolamento de retina.

O tratamento

    Existem diversos métodos cirúrgicos para o tratamento do descolamento de retina, mas, independentemente da técnica, o objetivo principal é obter um fechamento das rupturas, levando a reaplicação da retina.
    Quando  há apenas ruptura, o oftalmologista através da pupila, identifica a área lesada, e produz intencionalmente com laser, uma  cicatriz  para facilitar a aderência entre as partes lesionadas, impedindo a entrada de líquido.
    Quando há descolamento, a solução é cirúrgica. O cirurgião passa uma cinta especial ao redor do olho, aspira o líquido de trás da retina e  aplica o laser em torno da ruptura. Às vezes é necessário injetar gás ou óleo de silicone dentro do olho.

Informações sobre o tratamento cirúrgico.

    A internação se dá no dia da operação e, exceto em casos especiais, o paciente não deve se alimentar e nem tomar água no mesmo dia.
Geralmente, a cirurgia é feita com anestesia local e, ao final do processo, o paciente retoma ao seu quarto com um curativo sobre o olho operado. A alta é dada no mesmo dia ou no dia seguinte. Dores moderadas são habituais e a visão no olho operado retoma lentamente, dias ou semanas após a cirurgia
    Caso seja necessário o uso de gás ou óleo de silicone intra-ocular, o paciente apresentará comprometimento da visão durante o período em que os mesmos permanecerem dentro do olho. Quando o gás é utilizado, viagens aéreas não são recomendadas por um período de dez a vinte dias. A prescrição e as recomendações médicas devem ser  seguidas.
 

Parceiros

R Barao de Atalaia, 395 57020-510 Poco Maceio (Alagoas AL) Telefone : (82) 3221-0220
Centro Médico Iguatemi / Maceió Fone: (82) 2121-7710 / 2121-7715 / 3337-0960

Newsletter

Cadastre-se e recebas as novidades da COOESO-AL


Nome:

Email:

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner



2010 © Cooperativa dos Oftalmologistas de Alagoas
End.: Rua Dona Constança de Góes Monteiro nº 104 Galeria Maceió Mall loja 6 - Poço, CEP: 57025-355. Maceió Alagoas.
Fones: (82) 9660-0220 / 9660-0203
J2BWEB - Criacao e desenvolvimento de sites em maceio